Novo 5s: O que é, como aplicar e qual a importância?
x

Queremos ajudar sua empresa

Fale conosco

  • Endereço

    CUBO - Alameda Vicente Pinzon, 54 - Vila Olimpia
    São Paulo / SP / Brasil

Blog

5s: O que é, como aplicar e qual a importância?

5s: O que é, como aplicar e qual a importância?

A organização da empresa é uma etapa fundamental para atingir bons resultados. Mesmo que você invista nos mais modernos sistemas de tecnologia e gestão de processos, sua operação nunca terá bons resultados se ela não for organizada.

A metodologia do 5s traz princípios muito simples para garantir essa organização, tornando qualquer ambiente de trabalho mais produtivo.

 

 

O que é o 5s?

O 5s é uma metodologia focada na organização das empresas. Ela nasce depois da Segunda Guerra Mundial, no período do toyotismo. Era uma forma de ajudar o país a se reerguer e avançar economicamente, de modo que o método foi aplicado em diferentes espectros da sociedade.

Ou seja, o 5s é mais do que uma ferramenta de gestão, trata-se de uma filosofia que foi fundamental para que o Japão voltasse a ser uma grande potência internacional.

Ainda assim, foi dentro das empresas que ele ganhou mais força. De forma geral, sua proposta é que as organizações funcionem apenas com os recursos necessários, preservando colaboradores, mantendo a limpeza e aprimorando a produtividade.

 

Os princípios do 5s

Essa metodologia é baseada em 5 princípios, cada um revelando um preceito que deve ser seguido e aplicado na rotina da empresa:

 

1- Seiri (Senso de Utilização)

Trata-se do uso mais eficiente dos recursos e materiais. No contexto corporativo, gestores devem repensar como está a movimentação de materiais, o acúmulo de recursos e entender se tudo que há na empresa é realmente necessário.

Papéis, equipamentos e até processos podem ser enxugados e otimizados. Isso resultará em economia, mais espaço e em uma gestão mais inteligente.

 

2- Seiton (Senso de Organização)

A organização é uma característica muito valorizada pelos japoneses. Para ter melhores resultados, eles acreditam que a empresa precisa estar arrumada, com mesas e compartimentos apresentáveis.

A ideia é que, quanto mais organizado for o ambiente, as pessoas terão menos desperdícios procurando o que quer que seja.

 

3- Seiso (Senso de Limpeza)

Aqui existe a ideia de que a limpeza é uma responsabilidade de todo mundo, não só dos profissionais que trabalham diretamente na faxina. Sendo assim, cada colaborador deve manter seu espaço bem higienizado e limpo.

Esse tópico também diz respeito à aparência dos colaboradores, que deve ser adequada de acordo com o contexto que ele está inserido.

 

4- Seiketsu (Senso de Padronização e Saúde)

Enquanto os três primeiros “s” estavam mais relacionados à organização da empresa, o Seiketsu visa padronizar tudo aquilo que foi estabelecido pelos outros princípios. Ou seja, a ideia é estabelecer normas e rotinas para que a organização esteja sempre impecável.

É por meio desse princípio que é definido como os materiais devem ser organizados, quais são os as normas básicas de limpeza e quais são os padrões mínimos de organização, por exemplo.

 

5- Shitsuke (Senso de Disciplina)

Por fim, chegamos ao senso de disciplina, que é quem vai guiar para que todos os outros “s” sejam aplicados de fato. Aqui a proposta é capacitar os colaboradores para que eles consigam bons resultados e tenham todo o suporte para cumprir os 5s.

Relembrar constantemente da importância do 5s também é essencial para que isso se enraíze na cultura da organização e para que as bases nunca sejam esquecidas.

 

 

Boas práticas para aplicar o 5s

Como você pode perceber, embora os princípios do 5s sejam bastante simples, não é fácil implementar esse modelo na empresa. Trata-se de uma mudança de cultura, que leva um tempo para ser seguida pelos colaboradores.

No entanto, existem algumas dicas básicas para tornar esse processo mais fácil:

 

Defina uma comissão

É importante que alguns membros sejam escolhidos como os “guardiões” do 5s dentro da empresa. São eles que vão mostrar aos demais a importância de implementar esse método e poderão mostrar boas práticas dentro da organização.

 

Tenha a liderança como exemplo

Não adianta nada pregar princípios como “limpeza” e “organização” se a gerência é uma bagunça. Os 5s devem ser aplicados por toda empresa, começando de cima. Portanto, é importante que a gerência também leve todos os princípios a sério e seja um exemplo para os demais.

 

Faça Avaliações Constantes

Os 5s são um processo de melhoria contínua. Portanto, é importante acompanhar se a proposta está sendo realmente colocada em prática, mensurar os resultados e avaliar o que precisa ser otimizado.

Faça com que os colaboradores participem desse processo: ao mesmo tempo em que você faz uma avaliação de desempenho de cada funcionário, peça um feedback para entender o que eles acreditam que pode ser melhorado.

 

 

Como a Novidá auxilia na implementação do 5s?

A Novidá desenvolveu uma solução de geolocalização indoor que monitora a movimentação de colaboradores durante sua rotina produtiva. Por meio de sensores, beacons e smartphones, é possível acompanhar – em histórico e tempo real – a localização de cada funcionário da empresa.

Dessa forma, o gestor consegue medir tempos e movimentos, identificar gargalos produtivos e otimizar a operação. Por meio da tecnologia, fica muito mais fácil aplicar os conceitos do 5s – como utilização e organização – além de verificar se tudo está ocorrendo da forma planejada (senso de padronização).

Empresas como Gerdau, Boticário e FCA já testaram nossa solução para melhorar a gestão de equipes e tiveram ótimos resultados. Baixe gratuitamente nossos cases de sucesso e veja como a solução funciona na prática.

 

voltar ao topo