blog

Andon – Por que utilizar essa ferramenta?

Andon – Por que utilizar essa ferramenta?

A dinâmica da indústria e de outras empresas dos tempos modernos é bastante complexa. O fluxo de informações e materiais é organizado de forma sequencial, o que significa que todas os processos estão interligados.

Assim, se houver algum problema no meio do caminho, é provável que as etapas seguintes também sejam prejudicadas. No contexto industrial, isso pode ter grande impacto: afinal, a parada de uma linha de produção pode gerar perdas imensuráveis.

É nesse contexto que surge o Andon, uma ferramenta para sinalizar e alertar possíveis erros no processo.

 

O que é Andon?

A palavra “Andon” significa “lanterna” ou “sinal”. O termo se refere a um sinal luminoso que notifica algum problema na operação, seja na produção ou no controle de qualidade. Portanto, o Andon é uma ferramenta de gestão à vista para alertar ocorrências por meio de sinais visuais ou sonoros.

Ele é um dos elementos do Jidoka, que é uma metodologia de controle de qualidade e um dos pilares do Lean Manufacturing. Ou seja, trata-se de uma ferramenta enxuta, que busca reduzir desperdícios para otimizar processos.

Não à toa que o Andon nasce no Sistema Toyota de Produção, quando o operador puxava um cordão na linha de montagem caso ele percebesse algum problema na produção. Dessa forma, uma lâmpada se acendia, a linha parava e as atenções eram voltadas para a resolução do problema.

 

 

Principais benefícios do Andon

Mas afinal, por que adotar essa ferramenta? Separamos alguns dos principais benefícios que você pode ter:

– Maior produtividade, eficiência e diminuição dos desperdícios

– Mais visibilidade e transparência da operação

– Redução de tempo de inatividade

– Produto final com maior qualidade

– Operadores com uma visão lean e capacitados a resolverem os problemas

– Possibilidade de “aprender” com os erros e ter um projeto de melhoria contínua

– Menor necessidade de supervisão constante

 

Como implementar o Andon na Indústria?

A técnica do Andon pode ser utilizada em diversos setores e implementada de diferentes formas. Porém, existem alguns princípios básicos que devem ser seguidos, principalmente na indústria, que foi onde a ferramenta surgiu.

Primeiramente, é preciso tentar automatizar ao máximo esse sistema. Desenvolver mecanismos para que as próprias máquinas alertem e parem a operação quando há algo errado, por exemplo. Em último caso, dê autonomia para os operadores: permita que eles sinalizem e interrompam manualmente a linha de produção caso encontrem algum problema.

De forma geral, os colaboradores têm certo receio em parar a operação, justamente porque isso é visto como contraproducente. Mas isso faz parte do sistema Lean, pois entende-se que parar o trabalho no momento do erro é uma forma de chamar a atenção e reunir as pessoas em torno daquela falha, evitando que ela se repita no futuro.

É importante que a sinalização dos problemas seja padronizada e conhecida por toda equipe. Assim, ficará fácil identificar qual é o problema e encontrar os profissionais mais habilitados para resolver aquele tipo de falha.

Por fim, estruture e capacite sua equipe para resolver rapidamente os problemas encontrados. No sistema Andon, não é o profissional da produção que deve procurar os responsáveis pela manutenção, mas esses últimos que devem ir até o local a partir de uma sinalização.

Ao chegar até o setor com a falha, a equipe de manutenção deve detectar a falha, corrigir o equívoco, investigar a causa raiz daquele problema e documentar o erro e a solução para evitar que ele se repita.

 

A Novidá como complemento do Andon

A Novidá desenvolveu uma plataforma de geolocalização de precisão que acompanha a movimentação de funcionários e equipamentos móveis pela planta. Dessa forma, o gestor pode conferir, em histórico ou tempo real, onde está cada um dos seus colaboradores.

O sistema serve como um excelente complemento ao Andon. Imagine que uma máquina quebre e emita um sinal de erro. Automaticamente, nosso sistema pode identificar quem é o profissional habilitado mais próximo do problema e enviar uma ordem de tarefa a ele.

Foi o que fizemos na fábrica da FCA, onde conseguimos reduzir o tempo de parada da linha de produção justamente por designar mais rapidamente o funcionário que realizaria a manutenção. Você pode baixar esse case gratuitamente aqui!

Se quiser entender como a Novidá pode te ajudar a otimizar processos e tornar o Andon uma ferramenta ainda mais robusta, entre em contato com um de nossos especialistas.

 

Calculadora de Desperdícios

Descubra quantos milhares de reais sua empresa perde com desperdícios.

Cases de Sucesso

Diversas marcas e empresas já se beneficiaram de nossa plataforma. Conheça casos reais que Novidá atuou.

Gostou do conteúdo?

Cadastre-se em nossa newsletter

Siga-nos nas
redes sociais

Veja também

error: Conteúdo protegido!
Queremos ajudar sua empresa

Fale Conosco

Endereço

CUBO – Alameda Vicente Pinzon, 54 – Vila Olimpia
São Paulo / SP / Brasil