x

Queremos ajudar sua empresa

Fale conosco

  • Endereço

    CUBO - Alameda Vicente Pinzon, 54 - Vila Olimpia
    São Paulo/SP

Blog

Benchmarking: o que é e como aplicar em sua empresa

Benchmarking

A comparação é a base de todas as empresas. Por meio dela, é possível avaliar a posição que a marca ocupa em relação às vendas, além de apresentar outras oportunidades relevantes para o negócio. 

Em um mercado tão competitivo, o benchmarking se mostrou uma ferramenta valiosa para responder aquela questão que todo empreendedor faz: como a minha marca está se saindo em relação a concorrência? 

Seja qual for o segmento da companhia, essa estratégia é extremamente eficiente para mapear os passos dos concorrentes e, assim, elaborar ações de marketing que proporcionam resultados significativos para a empresa. 

Quer saber mais sobre o benchmarking? Então, continue lendo para conhecer o real significado desse conceito e como aplicá-lo na sua empresa! 

 

O que é benchmarking? 

Benchmarking, em tradução livre, significa ponto de referência. O conceito baseia-se em uma pesquisa entre empresas do mesmo setor com o objetivo de analisar produtos e serviços desenvolvidos pelos concorrentes. 

A partir desse monitoramento, é estabelecido um processo de análise, interpretação, avaliação e mensuração de dados coletados. 

Para realmente entender esse processo de mercado, é preciso saber o que essas informações significam e como elas podem ser vantajosas para a organização.

Além disso, com o estudo dos casos e a identificação de pontos que podem ser melhorados, a empresa pode direcionar estratégias inovadoras e promissoras. Com isso, o benchmarking é dividido em tipos: 

  • Benchmarking interno: busca práticas adotadas dentro da organização, envolvendo departamentos, filiais modelos, entre outros;
  • Benchmarking competitivo: foca em analisar os passos da concorrência e maneiras para superá-la;
  • Benchmarking funcional: comparação dos processos de trabalho entre empresas, mesmo que sejam de segmentos diferentes (atuação em manutenção de chiller e outra de elevador, por exemplo);
  • Benchmarking colaborativo: quando duas organizações compartilham informações sobre seus processos.

 

Como aplicar o benchmarking? 

Agora que você já sabe sobre o que se trata esse conceito, que tal saber como colocar isso em prática? Então confira alguns pontos fundamentais para a aplicação do benchmarking:

 

1. Planejamento 

O primeiro passo para o desenvolvimento do benchmarking é o planejamento. Nesse momento, é fundamental que a empresa faça uma análise completa de algumas questões essenciais da organização.

Nesse sentido, é preciso definir as referências que serão usadas, como uma empresa de ventilador umidificador industrial, por exemplo, quais e em que as comparações serão feitas e quais serão os métodos utilizados para realizar a coleta de informações. 

 

2. Análise 

Com as informações em mãos, a organização deve fazer uma análise complexa do que foi coletado, identificando pontos semelhantes e diferenças entre as empresas escolhidas. 

É fundamental que nessa etapa seja feita a verificação dos fatores fortes que possam servir como base para suprir as deficiências da organização e, ainda, apresentarem diferencial competitivo. 

 

3. Compartilhamento com os colaboradores

Depois dos processos anteriores, é fundamental que a equipe esteja ciente das informações coletadas, das novas estratégias do negócio e possíveis mudanças que podem surgir, mesmo que sejam em um novo piso de concreto para se destacar, por exemplo.  

Portanto, compartilhe os conteúdos, de forma que desenvolvam metas, objetivos e estratégias a curto, médio e longo prazo. 

 

4. Ação

Essa é a última etapa do processo. Nesse momento, a equipe, os gestores e os fornecedores já devem conhecer os resultados do benchmarking e, assim, começam a colocar em prática todo o plano de ação. 

Nesse sentido, torna-se possível que os gestores e organizadores trabalhem de acordo com os objetivos e ações propostos, sempre ajustando as estratégias de acordo com o desenvolvimento do mercado. 

Empresas que desejam se tornar referência na área de atuação devem focar em seus maiores concorrentes, aqueles que vem se destacando no mercado e, por isso, tem muito a aprender. Dessa forma, devem usar e abusar do benchmarking. 

 

Esse‌ ‌artigo‌ ‌foi‌ ‌escrito‌ ‌por‌ ‌Beatriz‌ ‌Barros,‌ ‌Criadora‌ ‌de‌ ‌Conteúdo‌ ‌do‌ ‌‌Soluções‌ ‌Industriais‌

QUE TAL TESTAR AGORA?

Entenda como nosso sistema funciona na prática! Receba o produto em sua empresa e comece a usar!

TESTE AGORA

Entre em contato!

Quer entender melhor como funciona a solução? Faça uma avaliação gratuita e veja como podemos ajudar sua empresa!

voltar ao topo