Novo Conheça mais sobre o modelo de Gestão por Indicadores
x

Queremos ajudar sua empresa

Fale conosco

  • Endere莽o

    CUBO - Alameda Vicente Pinzon, 54 - Vila Olimpia
    São Paulo / SP / Brasil

Blog

Conheça mais sobre o modelo de Gestão por Indicadores

Conheça mais sobre o modelo de Gestão por Indicadores

Gestão por Indicadores

Já pensou em uma abordagem de gestão que te informe com precisão se uma nova rota interna para entrega de insumos na linha de produção está entregando melhores resultados? Essa é a ideia por trás da Gestão por Indicadores e a sua capacidade de traçar novas estratégias do negócio com embasamento, entendendo os dados e buscando novas opções.

Assim, esse modelo depende de uma análise do negócio em conjunto com a capacidade de gerar os indicadores de performance que façam sentido para a empresa, com os dados certos na hora certa. E tudo isso auxilia na identificação e redução de desperdícios, impactando diretamente na aplicação da melhoria contínua e evolução da gestão.

Quer saber mais sobre a Gestão por Indicadores e o seu impacto direto na melhoria da tomada de decisão? Continue acompanhando a nossa publicação e saiba mais!

O que é a Gestão por Indicadores?

A evolução da tecnologia trouxe diversos benefícios para todo o mundo e um deles foi o acesso a novos produtos e mercados consumidores. As empresas começaram a ter mais atenção ao andamento da sua produção e entender o andamento dos processos internos com um acompanhamento efetivo dos seus números.

A Gestão por Indicadores surge justamente nesse sentido, como uma metodologia de administração dos negócios que preza pela tomada de decisão com embasamento. Assim, a partir dos resultados apresentados pelos indicadores de desempenho e performance, os gestores poderiam traçar melhores estratégias de acordo com a demanda e produção.

Estes indicadores também são conhecidos como KPIs que vem do inglês Key Performance Indicators ou traduzindo para o português, Indicadores Chave de Desempenho. Com eles é realizado o monitoramento de todos os processos organizacionais a partir de dados seguros e de evidências confiáveis.

E qual objetivo desse modelo de gestão?

O objetivo desse modelo de gestão é oferecer uma visão mais ampla sobre o negócio, acompanhando de forma clara como andam os produtos e serviços oferecidos. Assim, consegue-se conduzir a empresa de forma mais eficiente uma vez que os dados estarão dispostos de forma mais clara e de fácil acesso.

Um ótimo exemplo é um gestor do time de manutenção que faz o acompanhamento dos indicadores de performance do setor:

  • Ele pode entender como anda a produtividade de todo o time e de cada funcionário;
  • Também pode visualizar de uma forma mais fácil como anda a reposição de peças e insumos essenciais para o trabalho da área;
  • Também pode acompanhar o andamento de serviços de diferentes níveis de complexidade, traçando tendências para identificar possíveis padrões de falhas que auxiliam na identificação e resolução de qualquer tipo de desperdício;
  • E atuar de forma inteligente alocando um time de funcionários para determinada etapa da linha de produção que apresente problemas recorrentes identificados nos KPIs do setor.

Qual a importância de ter uma Gestão por Indicadores?

A principal importância é ter embasamento, não tomar decisões de forma empírica. A vivência e a experiência são sim importantes, isso é claro – mas empresas de alta eficiência e qualidade possuem uma tomada de decisão com base em dados e indicadores, de forma assertiva.

Outro ponto importante é a garantia de transparência nos processos da empresa, possibilitando que os gestores entendam o que deu certo e o que não deu certo na sua tomada de decisão. Assim, tanto os líderes como os funcionários também visualizam os impactos dos seus níveis de produtividade, permitindo ações de correção e controle.

E toda a empresa passa a ter uma visão mais completa sobre os seus processos e departamentos, entendendo o consumo de recursos de acordo com a variação dos seus indicadores. Voltando ao exemplo do time de manutenção, este gestor irá perceber que ao disponibilizar os seus colaboradores para atuar na linha de produção problemática de forma mais ágil, impactará diretamente na melhora do MTBF (Mean Time Between Failures ou tempo médio entre falhas). 

E como implementar a Gestão por Indicadores?

Existem algumas etapas importantes para implementar uma Gestão por Indicadores eficiente no seu negócio e a primeira delas é a definição de um planejamento completo. Este tipo de ação faz parte de qualquer tipo de mudança empresarial e deve conter um cronograma com prazos, responsáveis e até informações como os custos envolvidos no processo.

Ao definir um planejamento, este deve conter um plano de metas bem detalhado e que ofereça uma visualização da empresa em questões como a evolução e o desenvolvimento. E aqui fica um ponto de atenção: as metas existem para serem cumpridas, portanto deve-se ter cuidado para não definir metas impossíveis. É importante também não confundir metas com objetivos:

  • Objetivos são propósitos gerais da empresa, geralmente de longo prazo;
  • As metas são específicas, mensuráveis, geralmente a curto prazo e designadas a times específicos.

Instruir os colaboradores também faz parte destas etapas de implementação da Gestão por Indicadores com reuniões periódicas e motivacionais além de treinamentos. Outro ponto relevante é o acompanhamento e análise dos resultados, demonstrando se os KPIs criados estão de acordo com esperado e fornecendo uma visão correta do andamento da operação. 

Para uma boa Gestão por Indicadores, tenha os indicadores corretos

Partindo da máxima de que não se gerencia o que não se mede, na Gestão por Indicadores uma boa gestão depende dos indicadores corretos. E existem alguns básicos para a maioria das empresas e alguns específicos que dizem respeito sobre as características inerentes a cada negócio.

Continuando o exemplo do time de manutenção, o MTBF é um indicador chave para o setor e que pode não ser totalmente assertivo para um time administrativo, como o financeiro. Ao impactar na melhora do MTBF, outros indicadores ainda podem ser impactados como a produtividade homem/hora e até o OEE ou Overall Equipment Effectiveness que siginifica a eficácia geral do equipamento.

Estes exemplos demonstram a importância de se trabalhar com os indicadores corretos, escolhidos conforme a área de atuação do negócio e que façam sentido para a tomada de decisão. Mais alguns exemplos de KPIs gerais e específicos podem ser:

  • O ROI do inglês Return Over Investment ou Retorno sobre Investimento. Este demonstra a relação entre o valor investido em uma ação e o retorno financeiro oriundo deste investimento;
  • A Taxa de Conversão é outro ótimo indicador para a área de vendas que demonstra a porcentagem de pessoas que acessam a página de alguma empresa e fornecem os seus dados ou viram clientes;
  • O Giro do Estoque é outro exemplo de KPI utilizado na Gestão por Indicadores para áreas como Compras e Estoque. Serve de métrica para as entradas e saídas dos produtos no estoque, avaliando também quanto tempo determinado insumo ficou parado ou sem uso;
  • Outro KPI relevante é o EBITDA que é a sigla para Earning Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization ou traduzindo para o português como lucro antes de juros, impostos depreciação e amortização. Indica quanto que a empresa gera com a sua produção de fato, sem considerar investimentos ou despesas como impostos ou juros;
  • O MTTR ou Mean Time To Repair é outro indicador importante para o time de manutenção e que indica o Tempo Médio para o Reparo de máquinas e equipamentos. De uma forma direta consegue mensurar o tempo de parada, na execução do serviço de reparo.

Gestão por Indicadores

E como a Novidá pode auxiliar na implementação de uma gestão por indicadores?

A Novidá é a parceira ideal para o seu negócio aplicar uma Gestão por Indicadores eficiente com uma plataforma de alta tecnologia que integra a inteligência artificial e a internet das coisas. Tudo isso para promover uma melhoria contínua dos processos da empresa junto com gestores e colaboradores de forma transparente e colaborativa.

Os relatórios são gerados de forma automática e com dados confiáveis para embasar totalmente a tomada de decisão gerencial com uma medição efetiva do desempenho operacional. Com isso, também oferece uma visualização de fácil acesso e entendimento, permitindo impactos positivos como a redução de desperdícios e aumento da produtividade.

Um ótimo exemplo de aplicação da solução da Novidá é capacidade de relacionar a alocação de cada colaborador com os indicadores como o OEE, entendendo o real impacto de cada indivíduo na produção. Assim, contribui diretamente para o planejamento e alocação de recursos permitindo respostas em tempo real para os números do negócio.

Saiba mais!

Uma Gestão por Indicadores eficiente depende de um entendimento amplo de quais as melhores opções de medição, dados confiáveis e capacidade de análise em tempo real. Assim, a Novidá é a parceira ideal para obter todos os benefícios desse tipo de gerenciamento, promovendo uma redução de desperdícios e otimização dos indicadores.

Continue acompanhando as publicações no nosso blog e saiba mais!

 

 

Faça um diagnóstico

rápido e explore mais como a Novidá pode
eliminar desperdícios na sua empresa

Agende agora
celphone

Entre em contato!

voltar ao topo
× Vamos falar? Available on SundayMondayTuesdayWednesdayThursdayFridaySaturday