x

Queremos ajudar sua empresa

Fale conosco

  • Endereço

    CUBO - Alameda Vicente Pinzon, 54 - Vila Olimpia
    São Paulo / SP / Brasil

Blog

Inovação Aberta: O que é e por que aplicar?

Inovação Aberta

Em um mundo cada vez mais competitivo, empresas de todos os setores precisam inovar para estar um passo à frente da concorrência. Nessa corrida por novas tecnologias, modelos de negócios e processos mais eficientes, diferentes modelos de inovação são colocados em prática.

A inovação aberta é uma dessas alternativas. Esse método propõe parcerias e colaborações entre empresas para ir além, atingindo um nível de inovação ainda maior.

 

O que é Inovação Aberta?

O termo “inovação aberta” foi criado por Henry Chesbrough, professor da Universidade de Berkeley, nos Estados Unidos. Ele define inovação aberta como “o uso de fluxos de conhecimentos internos e externos para acelerar a inovação interna e expandir os mercados para o uso externo de inovação, respectivamente”.

Em outras palavras, o que Chesbrough quer dizer é que as empresas devem tirar proveito do que é produzido fora do seu ambiente, utilizando produtos ou serviços externos, por exemplo. Simultaneamente, o mercado também se aproveita do conhecimento das empresas e cria-se, dessa forma, um grande ciclo de evolução.

Toda essa ideia se opõe ao conceito de “inovação fechada”. Nesse sistema, todas as ideias, desenvolvimento de novos produtos e criações são feitos dentro dos limites das empresas. Nesse caso, as organizações investem uma alta quantia em pesquisa e desenvolvimento interno, buscando gerar um know-how que fica exclusivamente sob o controle da empresa.

Com um mercado mais volátil e com um maior número de profissionais qualificados, esse modelo foi perdendo força para a inovação aberta, que é muito mais fácil de ser implementada e pode gerar resultados ainda melhores, mesmo que o conhecimento não fique completamente sobre a posse das empresas.

 

As principais vantagens da inovação aberta

Redução de Tempo

Imagine que a cada nova ideia de sua equipe exija o começo de um novo projeto. Ou seja, para cada feature ou cada proposta de melhoria no produto seja necessário um time de pesquisa e desenvolvimento trabalhando na ideia desde o começo.

Com certeza sua proposta vai demorar mais para sair do papel, o que não acontece se você procurar fornecedores externos e trabalhar com inovação aberta. Esse alto “time-to-market” não é prejudicial apenas pela demora, mas também porque tudo está mudando muito rápido no mercado e, quando sua solução finalmente ficar pronta, talvez ela já precise ser remodelada.

 

Redução de Custo

Ainda seguindo o exemplo do tópico anterior, se você for desenvolver uma solução internamente, certamente irá gastar recursos com pessoal, equipamentos, materiais e até bancar os primeiros testes que têm grandes chances de não funcionarem.

No entanto, com a inovação aberta você já procura alguém com uma solução pronta, evitando todos esses custos excessivos e desnecessários.

 

Criação de nova mentalidade

A inovação aberta permite que toda equipe conheça novas soluções, pesquise o que está acontecendo no mercado, participe de eventos e entre em contato com novas ideias. Naturalmente, cria-se uma mentalidade muito mais inovadora dentro do time.

Além disso, todos os setores estão mais integrados e pautados pela inovação. A responsabilidade de buscar novas soluções deixa de estar restrita a um grupo de pesquisadores e desenvolvedores da empresa.

 

Democratização de ideias

Com a inovação aberta, mais pessoas podem dar ideias de produtos, features ou serviços que podem agregar à empresa. Ao mesmo tempo, uma startup pode perceber uma dor de uma empresa e também incrementar o seu produto, levando essa solução para outras empresas.

Ou seja, as ideias passam a circular com muito mais fluidez e agilidade, criando um ciclo onde todo mercado sai ganhando.

 

Conte com a Novidá para iniciar sua inovação aberta

A Novidá é uma startup que usa a geolocalização de precisão para fazer gestão de equipes operacionais. Por meio de beacons e sensores IoT, acompanhamos a movimentação de colaboradores dentro do seu ambiente de trabalho.

Isso permite calcular tempos e movimentos, identificar gargalos produtivos na operação e tomar decisões em tempo real. Nosso produto passou anos sendo desenvolvido até chegar a um altíssimo nível de precisão. Hoje, você pode usar a inovação aberta para implementar nossa solução e ter grandes resultados!

Grandes empresas como Gerdau, Boticário e FCA já testaram nossa solução e tiveram grandes melhorias na gestão de seus times. Baixe nossos cases de sucesso gratuitamente e veja como sua empresa também pode se beneficiar.

Veja mais!

Como a Novidá se encaixa na sua realidade, e implemente a ferramenta definitiva de supervisão digital de equipes operacionais no seu negócio!

Aplicações nos negócios

Entre em contato!

Quer entender melhor como funciona a solução? Envie uma mensagem e um consultor entrará em contato!

voltar ao topo