Novo NB-IoT – O que é e onde aplicar?
x

Queremos ajudar sua empresa

Fale conosco

  • Endereço

    CUBO - Alameda Vicente Pinzon, 54 - Vila Olimpia
    São Paulo / SP / Brasil

Blog

NB-IoT – O que é e onde aplicar?

NB-IoT – O que é e onde aplicar?

O conceito de “banda larga” já é muito conhecido por quase todos. Afinal, é por meio dessa conexão que conseguimos navegar internet com velocidade, o que permite visualizar vídeos, ouvir música e acessar várias abas ao mesmo tempo, por exemplo.

Por outro lado, nem todos conhecem a “banda estreita”, um conceito que até pode parecer estranho em um primeiro momento. A NB-IoT é um exemplo desse tipo de rede, que pode ser interessante para aplicações de Internet das Coisas que não exijam grande transmissão de dados.

 

O que é a NB-IoT?

A NB-IoT é a sigla para Narrow Band – Internet of Things (ou Banda Estreita para Internet das Coisas). Assim como a Lora ou a Sigfox, trata-se de uma LPWAN (Low Power Wide Area Network – ou rede de grande alcance com baixo consumo de energia).

Saindo dos termos técnicos, a NB-IoT foi projetada para viabilizar a popularização da Internet das Coisas. Pense por exemplo em cidades inteligentes ou qualquer outro projeto de IoT que abarque uma grande área. É preciso que o local esteja 100% conectado, mas criar essa estrutura não é uma tarefa fácil. Afinal, você precisará de uma rede que seja, ao mesmo tempo, segura, duradoura e economicamente viável.

É aí que entra a NB-IoT. Essa rede é recomendada para projetos que não exigem um alto volume de transmissão de dados. Imagine, por exemplo, um sensor de estacionamento que indique em tempo real onde há vagas livres em um determinado bairro. Ao mesmo tempo que a rede precisa ter grande alcance, ela não estará transmitindo um grande volume de dados. Trata-se, portanto, de uma aplicação interessante para o uso de NB-IoT. Outras possíveis aplicações são:

– Sensores de semáforo

– Sensores para medição de poluição nas cidades;

– Medidores de energia, água e esgoto nas cidades;

– Sensores meteorológicos e de umidade do solo no campo;

– Monitoramento de pragas e maquinários agrícolas.

 

Desvantagens da NB-IoT

Apesar do baixo consumo de energia e do bom potencial de cobertura, a NB-IoT também tem algumas desvantagens. Não é fácil implementar a transferência de arquivos pela rede ou enviar grandes quantidades de dados para um dispositivo.

A comunicação com a torre de transmissão pode ser um problema quando falamos de dispositivos móveis. Assim, a rede é mais indicada para ativos basicamente estáticos, como medidores ou sensores fixos em um local.

 

O trabalho da Novidá com IoT

A Novidá desenvolveu uma solução que utiliza Internet das Coisas para acompanhar a movimentação de pessoas e equipamentos em ambientes internos. Por meio de beacons e smartdevices, monitoramos as rotas percorridas pelos colaboradores durante suas jornadas produtivas.

Isso permite calcular tempos e movimentos, acompanhar a execução de tarefas, identificar possíveis gargalos e melhorar a avaliação de desempenho da equipe.

Nós apostamos no Wi-fi e no 4G como as redes para fazer toda a operação funcionar. O NB-IoT não era uma opção viável pois seria preciso maior capacidade de transmissão de dados.

Ainda assim, trata-se de uma solução completa, economicamente viável e que pode trazer grandes resultados para quem procura uma melhor gestão de equipes operacionais.

Empresas como Gerdau, Boticário e FCA já usaram nossa solução e tiveram ótimos retornos na gestão de pessoas de suas operações. Baixe gratuitamente nossos cases de sucesso e veja como sua empresa também pode utilizar IoT para melhorar a eficiência.

 

Faça um diagnóstico

rápido e explore mais como a Novidá pode
eliminar desperdícios na sua empresa

Agende agora
celphone

Entre em contato!

voltar ao topo