Novo Intralogística: Como torná-la eficiente e eficaz?
x

Queremos ajudar sua empresa

Fale conosco

  • Endereço

    CUBO - Alameda Vicente Pinzon, 54 - Vila Olimpia
    São Paulo / SP / Brasil

Blog

Intralogística: Como torná-la eficiente e eficaz?

Intralogística: Como torná-la eficiente e eficaz?

Quando falamos sobre logística, é natural que nos venha a mente caminhões e cargas sendo transportadas em grandes distâncias. Em um país com dimensões continentais, é natural que esse seja um dos grandes desafios para quem vive a rotina do setor.

No entanto, também existe logística dentro da fábrica ou centro de distribuição. Aliás, a intralogística é onde há maiores possibilidades de otimização e melhoria na eficiência operacional.

 

O que é intralogística?

Podemos chamar de intralogística o fluxo interno de equipamentos e materiais de uma fábrica, armazém ou centro de distribuição. Ou seja, estamos falando da movimentação de materiais e da movimentação de cargas dentro das empresas.

É muito importante se atentar a intralogística porque um processo organizado e eficiente pode gerar diminuição de desperdícios e maior produtividade. São muitos fatores que estão em jogo: rotas internas, organização dos processos, equipamentos utilizados, distribuição das ferramentas adequadas, etc.

Quando falamos da logística externa, por outro lado, as margens de otimização são menores. É por isso que gestores precisam olhar também para dentro de casa para aumentar a eficiência do setor logístico.

 

 

Quais são as vantagens de uma boa intralogística?

Otimizar o fluxo logístico interno pode trazer grandes benefícios para a empresa. Os principais deles são:

 

Redução de Custos

Conforme já comentamos, ao aplicar boas práticas de intralogística, os gargalos ficam muito mais perceptíveis. O gestor passa a enxergar quais são os processos mais ineficientes, quais rotas podem ser melhoradas e como utilizar melhor suas empilhadeiras e equipamentos móveis.

Tudo isso vai ter impacto direto no caixa da empresa: o tempo dos funcionários será melhor aproveitado, os equipamentos tendem a durar mais e toda operação fica mais ágil.

 

Melhor experiência aos funcionários

Os próprios funcionários também se beneficiam com um bom plano de intralogística. Isso porque a tendência é que o fluxo interno esteja muito mais organizado, os equipamentos sejam novos e passem por manutenções regulares e as rotas internas sejam otimizadas.

Assim, o profissional que está em campo terá menos problemas inesperados, perderá menos tempo com tarefas que não agregam valor e, consequentemente, terá uma melhor qualidade em seu dia-a-dia.

 

Aumento da Produtividade

Com processos mais organizados, funcionários mais motivados e gargalos removidos, a tendência natural é que a produtividade da sua operação se multiplique.

Ou seja, você conseguirá produzir mais em um tempo menor. No fundo, todo mundo sai ganhando: empresa, funcionário e o cliente final.

 

 

Como otimizar a intralogística da sua empresa?

Mas afinal, como colocar tudo isso em prática? Preparamos algumas dicas rápidas do que você precisa fazer:

 

Crie um bom planejamento

O primeiro passo é estudar a movimentação interna da sua operação. Se dedique a mapear como os processos são executados, quais são os equipamentos utilizados, quais materiais estão envolvidos, quem são os responsáveis por cada atividade, quanto tempo cada tarefa demora para ser executada e outros possíveis fatores.

Com esse mapeamento em mãos, fica mais fácil identificar os principais gargalos da operação. Então, é a hora que os gestores precisam avaliar como resolver esses problemas, o que pode ser com o uso de ferramentas tecnológicas, reformulação do layout, aquisição de novos equipamentos, entre outras ideias.

 

Use a tecnologia ao seu favor

Existem inúmeras plataformas tecnológicas que podem auxiliar na otimização da intralogística. Softwares de gerenciamento de estoques, por exemplo, ajudam a organizar e melhorar a eficiência dos materiais dentro do pátio logístico.

Em uma outra ótica, robôs conseguem auxiliar na movimentação de paletes ou separação de produtos, acelerando a carga e descarga no ambiente.

E mesmo todo o fluxo interno pode ser monitorado por sensores IoT, que acompanham tudo que está acontecendo na operação e dão insights para os gestores otimizarem ainda mais o trabalho realizado.

Esses são só alguns exemplos que provam que a tecnologia pode ser aplicada em diferentes perspectivas. Basta identificar qual é aquela que vai resolver os problemas que você mapeou.

 

Foque em melhoria contínua

Por fim, é importante que a otimização da intralogística represente um ciclo constante dentro da empresa. Ou seja, não basta reformular todo o fluxo interno uma vez e acreditar que o trabalho está feito.

Afinal, novos problemas vão surgir, novas tecnologias vão ser criadas e a concorrência estará sempre buscando melhor performance. Assim, é preciso focar em melhoria contínua, refazendo o processo de mapeamento de processos, identificação de gargalos e tomadas de decisão para melhoria.

 

Como a Novidá auxilia na intralogística?

A Novidá desenvolveu uma solução de geolocalização indoor que pode ser crucial para monitorar sua operação intralogística. Por meio de beacons, smartphones e sensores IoT, acompanhamos a movimentação de colaboradores e equipamentos móveis em qualquer ambiente.

Dessa forma, os gestores de logística podem monitorar as rotas de empilhadeiras, localizar um profissional ou um equipamento em tempo real, calcular tempos e movimentos de cada atividade e otimizar os processos internos.

A PSA Groupe foi uma das empresas que usou nossa tecnologia para monitorar o transporte interno dentro da fábrica da companhia. Você pode acessar esse case de sucesso gratuitamente aqui!

 

Faça um diagnóstico

rápido e explore mais como a Novidá pode
eliminar desperdícios na sua empresa

Agende agora
celphone

Entre em contato!

voltar ao topo