Novo Trabalhador Conectado, uma realidade nas operações
x

Queremos ajudar sua empresa

Fale conosco

  • Endereço

    CUBO - Alameda Vicente Pinzon, 54 - Vila Olimpia
    São Paulo / SP / Brasil

Blog

Trabalhador Conectado, uma realidade nas operações

Trabalhador Conectado, uma realidade nas operações

A digitalização chegou a praticamente todos os setores do mercado de trabalho. Com o uso de novas tecnologias, empresas estão se modernizando e deixando seus processos mais eficientes, como ocorre na Indústria 4.0, por exemplo.

A busca por novas oportunidades de crescimento impulsiona essas transformações, gerando mudanças na rotina dos profissionais. Em contato com essas inovações, surgem os trabalhadores conectados, que atuam com um maior volume de dados e têm suas atividades suportadas por um maior número de ferramentas digitais.

 

 

O que é o trabalhador conectado?

O conceito é novo e não faz parte de nenhuma teoria de gestão ou de RH, por exemplo. Mas chamamos de “trabalhador conectado” aquele que está constantemente usando ferramentas digitais no ambiente profissional, o que permite que suas atividades sejam monitoradas e que um alto volume de dados seja gerado nessa combinação.

Isso só se tornou possível por que os smart devices se espalharam rapidamente por todo o mundo, o que permitiu com que todos estivessem sempre conectados. Inclusive, essa quebra de barreiras entre o online e o offline trouxe formas de trabalho mais flexíveis, o que traz benefícios para o meio-ambiente, para os trabalhadores e para a própria empresa.

Assim, os trabalhadores conectados podem ter diferentes perfis: eles vão desde o operador no chão de fábrica, que tem sistemas que auxiliam e respondem às suas ações em tempo real, até gestores e executivos que acompanham indicadores de performance da produção e usam dados para criar estratégias de melhoria contínua.

 

Por que levar conexão aos trabalhadores?

Nem sempre as novas tecnologias são baratas. No entanto, o custo-benefício de algumas delas podem realmente valer a pena, já que os trabalhadores conectados trazem grandes benefícios às empresas. De acordo com uma pesquisa da Prophet, esses são os principais fatores que impulsionam as organizações a adotar ferramentas digitais para seus colaboradores:

Oportunidades de crescimento no mercado (51%)

Evolução das preferências do comportamento do cliente (46%)

Aumento da pressão competitiva (41%)

Novas regulamentações e padrões de compliance (38%)

Evolução das preferências dos colaboradores (26%)

Investimento proativo para corrigir gargalos (26%)

Falta de iniciativas digitais (19%)

Diminuição da performance do negócio (12%)

Outros (1%)

 

Ou seja, trata-se um investimento que, em médio ou longo prazo, trará benefícios aos colaboradores, que terão uma experiência melhor no dia-a-dia de suas atividades, aos gestores, que terão mais insumos para avaliar a performance dos funcionários e os processos realizados; à empresa, que tende a ter melhores resultados com uma operação mais eficientes e ao consumidor final, que terá um produto/serviço de maior qualidade em suas mãos.

 

 

O trabalhador conectado na prática

Mas afinal, como a digitalização pode trazer tantos benefícios? O potencial da tecnologia é praticamente infinito e são várias as soluções que podem atender ao seu negócio. O grande segredo é avaliar quais são as maiores dores de suas equipes operacionais e como uma ferramenta digital pode otimizar o trabalho delas.

Por exemplo, empresas de facilities ou de terceirizados para manutenção têm muito a ganhar com trabalhadores conectados. Como o serviço do seu pessoal está em um ambiente de terceiro, fica difícil monitorar as atividades desses colaboradores e até oferecer o suporte necessário. Usando sensores de Internet das Coisas, esse problema é resolvido. A Novidá tem um case com a Paul Wurth nesse cenário, que identificou que sua equipe só estava em área produtiva em apenas 26% do tempo. Você pode baixar esse case gratuitamente aqui.

Ter trabalhadores conectados também permite a comunicação em tempo real. Gestores podem entrar em contato com sua equipe para ajudar na solução de problemas. Por outro lado, trabalhadores de campo podem coletar informações em nuvem ou usar wearables para treinamentos. Saindo da área operacional, até um médico pode fazer avaliações em seus pacientes usando ferramentas digitais. Deu para entender o potencial dos trabalhadores conectados?

 

 

A solução da Novidá com os trabalhadores conectados

A Novidá desenvolveu uma plataforma de supervisão digital que acompanha a movimentação de colaboradores em ambientes de negócio. Usando smart tags e beacons, nossa solução permite visualizar toda a jornada do colaborador durante sua rotina produtiva.

Assim, é possível calcular tempos e movimentos, fazer o controle de pausas de colaboradores, garantir a realização do rodízio de tarefas, localizar funcionários ou equipamentos móveis em tempo real e muito mais!

Com trabalhadores conectados, você consegue identificar rapidamente os gargalos produtivos da sua empresa, aproveita melhor a mão-de-obra disponível e aumenta a eficiência operacional.

Grandes empresas como Gerdau, Boticário e FCA já usaram nossa solução e otimizaram processos com a melhor gestão de equipes operacionais. Baixe gratuitamente nossos cases de sucesso e entenda como sua empresa também pode se beneficiar.

 

Faça um diagnóstico

rápido e explore mais como a Novidá pode
eliminar desperdícios na sua empresa

Agende agora
celphone

Entre em contato!

voltar ao topo